EDUCATIVO BDMG CULTURAL



Desde outubro de 2019, o Micrópolis vem propondo ciclos de experimentações e atividades que compõem o programa educativo do BDMG Cultural.
       A primeira fase do projeto consistiu no desenvolvimento de uma pesquisa realizada com toda a equipe do BDMG Cultural para que fossem detectadas as demandas, expectativas e entendimentos da equipe em relação ao programa educativo do centro cultural.
       Como desdobramento dessa fase, o Micrópolis desenvolveu o projeto de uma família de mobiliários que será construída para ativar espaços ociosos do centro cultural com atividades educativas — deixando espaço, também, para a ocupação espontânea do público.
        Em um segundo momento, tomamos como ponto de partida a necessidade de articular as atividades previstas para 2020, bem como o desejo comum de abrir o BDMG Cultural para a cidade e trazer conhecimentos e tecnologias da vida cotidiana para seu interior, e chegamos ao tema Vizinhanças como conceito central a ser abordado durante este ano. Ao articular essa temática com as questões, projetos, discussões e pessoas envolvidos na programação do BDMG Cultural, buscamos estabelecer gestos de aproximação, lugares de compartilhamento e possibilidades de coexistência por meio do programa educativo. Afinal, o avizinhamento é um gesto de aproximação, de tentar tornar possível uma vida em comum, reconhecendo a importância das distâncias necessárias.
        Propusemos então uma série de ciclos bimestrais de ações educativas a serem realizados ao longo do ano, que irão girar em torno de subtemas comuns às atividades de cada bimestre, sempre articulados com a questão central das Vizinhanças.



ESPAÇO, EDUCAÇÃO

Programa educativo comissionado pelo BDMG Cultural, em Belo Horizonte.

Outubro 2019

Belo Horizonte (MG)

Colaboração: Aline Franceschini

Créditos: Paulo Proença (fotos)











 sobre     clipping     facebook    instagram